“Sem o SICLOPE seria impossível fazer a gestão da ISO 37001”, afirma Karina Raugalas, sobre a certificação de política antissuborno da Loga

ISO 37001 - Entrevista com Karina Raugalas da Loja

Finalizamos o ano de 2018 com uma notícia muito especial, o SICLOPE – Sistema Integrado de Controle de Operações – mostrou-se como uma ferramenta fundamental para sistemas de gestão ética e transparente, possibilitando a obtenção das certificações ISO 37001:2017 (antissuborno) e também da atualização da ISO 9001:2015 (qualidade) para os nossos parceiros da Loga, empresa de logística ambiental de São Paulo. Ambas as conquistas são fruto de muita competência e excelência no trabalho de coordenação e implantação.

Fundada em 2004, a Loga tem como objetivo oferecer serviços especializados de coleta, transporte, tratamento e destinação final de resíduos em uma das maiores metrópoles do mundo. Para se ter uma ideia do tamanho da operação da companhia, hoje são mais de 2 mil colaboradores estrategicamente alocados para realizar a coleta diária de aproximadamente de 6 mil toneladas de materiais provenientes de 1,7 milhão de domicílios, hospitais e clínicas.

Neste complexo cenário de gestão, a manutenção das conformidades com os Códigos de Ética, Conduta e Compliance deste setor se tornam essenciais para executar este tipo de trabalho. No entanto, com responsabilidade, planejamento e o apoio tecnológico do SICLOPE, a Loga tornou-se a primeira companhia de resíduos públicos no Brasil a conquistar a ISO 37001, um reconhecimento de padrão internacional pelo seu compromisso com uma cultura empresarial que leva em consideração políticas contra crimes de corrupção, focada especificamente na implantação de práticas para combate ao suborno, que tem sido muito debatido ultimamente.

A gerente de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade (SSMAQ) e coordenadora de Sistema de Gestão Integrada (SGI) na Loga, Karina Raugalas, conta na entrevista abaixo mais detalhes de como nosso software ajudou a companhia a conseguir esta nova certificação e os desafios de liderar todo esse processo durante o recente período de crise econômica nacional.


Conte um pouco mais sobre sua trajetória profissional até chegar à gerência de SSMAQ (Saúde, Segurança, Meio Ambiente eQualidade) e Sistemas de Gestão na Loga.

Tenho mais de 18 anos de experiência com Sistema de Gestão Integrada, entre passagens nas áreas técnicas e de gestão de empresas dos setores Aeronáutico, Portuário, Agronegócio, Financeira, Educacional e Resíduos Públicos. Estou há um ano na Loga, mas destaco minhas atuações anteriores na Embraer, Porto de Santos, Vopak e Solví, desenvolvendo programas de atuação responsável e certificação ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001, SA 8000, HACCP 22000, BPF, AS 9100, ISPS Code, CONAMA 306 e CDIT.

Na sua visão, como as novas soluções tecnológicas com foco em SSMAQ se relacionam com a ideia de que os acidentes no trabalho poderiam ser evitados através da gestão responsável?

A redução de acidentes só acontece com uma gestão estratégica e rotineira dentro das companhias, através de engajamento de todos os colaboradores relacionados às áreas de Qualidade (Quality), Saúde (Health), Segurança (Safety) e Meio Ambiente (Environment).

A ISO 37001 exige a implementação de uma política transparente contra possíveis esquemas de suborno, que hoje são uma das práticas mais comuns dos crimes de corrupção dentro das empresas. Quais são os principais desafios para execução dessa nova norma no Brasil?

O principal desafio é trabalhar com a realidade do país. Efetivamente isso é possível somente através de ferramentas do Sistema de Gestão Integrada (SGI) e Compliance para implementar as novas práticas e monitorar esse processo. O estabelecimento de políticas e códigos aprovados e endossados pela alta direção das empresas e seus conselhos administrativos também é fundamental para que todos os stakeholders entendam a mudança cultural.

Como o software SICLOPE foi usado pela Loga para supervisionar as conformidades com a certificação ISO 37001? Como esta ferramenta contribui para uma gestão antissuborno?

A função do Sistema Integrado de Controle de Operações da Erplan (SICLOPE) foi fundamental para realizar a gestão das melhorias, desvios, ações e gestão de mudanças na Loga. Com o software conseguimos otimizar nosso processo de certificação e demonstrar conformidade, após muito trabalho, para o organismo certificador. Na auditoria interna tivemos 47 não conformidades e sem o SICLOPE seria impossível fazer essa gestão. O resultado foi auditado e validado pela auditoria externa da QMS e não tivemos nenhuma não conformidade externa.

Como foi liderar o processo para obter essa certificação na primeira empresa de resíduos públicos do Brasil e quais são os principais benefícios que a ISO 37001 já trouxe para cultura da empresa e seus colaboradores?

Liderar esse desafio a convite da direção foi revalidar e trabalhar em meus propósitos. Saber que agrega mais valor à população da cidade de São Paulo, aos nossos parceiros de negócios, aos nossos colaboradores foi um marco em minha vida profissional e pessoal. A ser pioneira, a Loga recebeu uma nova certificação internacional e fez história no Brasil.

Em sua opinião, quais são as principais vantagens competitivas que outros gestores empresariais de SSMAQ podem obter usando a plataforma do SICLOPE? 

Conseguimos atingir o prazo da certificação ISO 37001 graças à velocidade e assertividade da informação trazida pelo dashboard do SICLOPE. Hoje podemos nos comunicar facilmente sem retrabalhos, espera ou fila de informações, garantindo que todos os colaboradores e fornecedores compreendam o que se espera deles.

Gostaria de aproveitar este espaço para citar outros facilitadores desta conquista da Loga? 

Sim. Agradeço especialmente minha equipe (Rodrigo Freire Façanha, Thais Vieira, Pauliana Herculano) e também aos parceiros de negócio, que muito nos apoiaram neste ano de 2018, como Delter Lopes, Edmar Rezende (Erplan), Neifer França, Airton Mondadori Filho, Daniel H. Paiva Tonon, Lidiane Dalcin, QMS Brasil (QMS Certification Services), Qualtec (Consultoria, Auditoria e Treinamento), Cláudio Grillo, Renan Camolesi e Rodrigo Tovani.

Karina e o painel de compromisso assinado por todo o time da Loga. Parabéns a todos!

A equipe da ERPLAN deseja um ótimo fim de ano para todos e reforça que em 2019 nossa missão continuará sendo a preservação da vida e das boas práticas no ambiente de trabalho, trazendo sempre soluções inovadoras de gestão e tecnologia focada nas áreas de Saúde, Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Qualidade (SSMAQ) para promover ainda mais assertividade no acompanhamento de demandas empresariais, poupando tempo nas tomadas de decisão e facilitar todo o processo de comunicação corporativa. Conheça mais sobre nosso compromisso, visão e valores clicando aqui.