Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais: LAIA, ISO 14001 e SGA

Na ISO 14001, indica-se que empresas desenvolvam, implementem e mantenham procedimentos para Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais (LAIA) com o fim de se direcionar o desenvolvimento de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA). Mas o que distingue aspectos e impactos ambientais?

Aspectos Ambientais

Os aspectos ambientais são elementos das atividades, produtos ou serviços de uma empresa que podem afetar o meio ambiente – causando danos ou tendo impactos. A identificação dos aspectos é o passo fundamental para a formulação de um sistema de Gestão Ambiental.

Antes de inicia-lo, é preciso mapear os processos que acontecem na empresa com suporte de equipe multidisciplinar. Com visão holística e abordagem global das ações, será possível otimizar o processo de análise das atividades, produtos e serviços – e consequentemente direcionar os cuidados subsequentes. Nesse processo, geralmente se leva em consideração indícios como emissões no ar, liberação de resíduos em água ou terra, uso de matéria-prima e desperdício de recursos naturais.

Os aspectos ambientais também têm classificações e se dividem em dois:

  • Aspectos ambientais diretos: Estes aspectos associam-se diretamente às atividades, produtos e serviços da organização a partir da relação de causa e efeito;
  • Aspectos ambientais indiretos: Neste conceito, a atividade da empresa relaciona-se a um processo de maneira secundária ou é parte integrante de um processo que provoca degradação ambiental – aspectos controlados em cadeia ou gerenciamento de terceirizados, por exemplo.

Um exemplo de aspecto ambiental é o consumo de água.

 Impactos ambientais

Já os impactos ambientais são modificações no ambiente derivadas, em todo ou em partes, dos aspectos ambientais da organização. A diferenciação dos termos acontece de maneira semelhante ao que vimos em Riscos e Perigos, no último artigo publicado em nosso blog.

Tendo em mãos um levantamento eficaz de aspectos e seus consequentes impactos, é preciso compreender quais aspectos oferecem impacto significativo ao ambiente – esses são os Impactos Significativos. São esses os principais fatores que serão levados em consideração na hora de se desenvolver o SGA.

A avaliação dos impactos significativos é o passo seguinte. Agora, as consequências devem ser hierarquizadas de acordo com a característica do negócio e a partir dos seguintes aspectos:

  1. potencial de causar dano ambiental;
  2. abrangência e frequência do impacto e
  3. legislação ambiental vigente.

Um exemplo de impacto ambiental  derivado do aspecto ambiental “consumo de água” é o esgotamento de recursos hídricos.

 Gestão de Impactos Significativos

Após serem identificados, os Impactos Significativos devem ser fichados, atualizados e submetidos a controle por meio de um Sistema de Gestão Ambiental que guiará novos e antigos produtos, atividades e processos. Segundo a ISO 14001, é importante que o aspecto seja tratado por uma pessoa responsável, que desenvolverá um plano de treinamento ou procedimento, lista de verificação e cronograma de manutenção.

A ERPLAN por meio da nossa tecnologia e parceiros pode te auxiliar em todos as fases do processo para obter certificações! Seja no Levantamento de Aspectos e Impactos, no mapeamento de atividades ou na implementação completa de um Sistema de Gestão Ambiental para obter certificados, nós sabemos a melhor solução para levar eficiência com tecnologia e integração entre setores ao seu negócio. Vale a pena procurar um de nossos consultores, conhecer o módulo específico para LAIA em nossa ferramenta SICLOPE (Sistema Integrado de Controle de Operações) e se destacar no mercado com mais certificações!